sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

benção

Criada seja e eterna
Perene mesmo
Assim mesmo divina
Que não morra e disso cuidem os Homens
E façam-na toda
E de todos
E de tolos

Afiançai e cuidai que
A não reconheçais
Mesmo
Porque a esmo
Viverá em nós e vós
Bendita pois sejas
Mediocridade

3 comentários:

Vitor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vitor disse...

Amigo, comentário em cima por mim eliminado, talvez por receio de más interpretações ao destinatário, que obviamente não sei quem seja,quiçá medíocre será…mas reconsiderando, e de uma maneira mais “benévola”, aqui fica a minha opinião, ao teu ícone texto.

Perene mesmo, excomunga tal saprófito
Que epizoário estará, por ser anojado
Porque a esmo…o que será? Perguntará?
Um qualquer dia saberá,
Ou talvez não, exclamará!
Entre a esmo ficará, perene mesmo.

alfa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.