domingo, 10 de agosto de 2008

vade retro ( ou será vai de metro ?? ) ..cidadania !!

Em 1997, ali à beirinha da Expo, a rede do Metropolitano de Lisboa chegou ao Campo Grande, à mãozinha de semear do aeroporto por onde entrariam algumas dezenas de milhares de passageiros para o evento que mudou Lisboa e orgulhou o País, com este no seu melhor, vertente ajavardada de ultrapassagens e derrapagens de custos e prazos incluída! Mas ... estação do comboio subterrâneo no aeroporto ... tá quieto ó mau ! Entretanto, passados que foram perto de dez anitos, depois de amadurecida decisão de transferir a coisa dos aviões para outro lado, coisinha pensada, repensada, avaliada, estudada bem à Tuga, num vai para aqui ou vem dali, com insignificantes diferençazinhas de apenas alguns milhões largos de euros a serem sacados ao burro e costumeiro cidadão pagante de impostos mas que apenas discute penalties - que nunca chegou a entender ou saber contornos de coisa alguma, mas que interessa lá isso compadre ? - passados que foram esses anos dizia, o Metropolitano chega finalmente ao tal de aeroporto da Portela. Pergunto-me se se esqueceram de enviar fax ou mail aos rapazes, avisando da partida da estrutura para terras de Alcochete. Podiam ter mandado um paquete, de táxi bem se vê, afinal por ali há-os aos milhares, aos trilhares mesmo, coisinha poderosa do tio !!! O aeroporto no entretanto, a avaliar pelas obras ininterruptas lá por dentro, por onde andam e voam baixo os aviões, ou está a fazer as malas para ser encaixotado e transferido aos bocadinhos em contentores e camiões, ou vai expandir-se à rico e à pacóvio, com obra feita em dia de partida, quando em tantos anos e anos passados nadica de muito útil se fez por ali a não ser coser remendo atrás de remendo ...
A malta continua por aqui ... por entre táxis, metros, conversa de penalties e marcha atrás.
Reclamar, sem bençãozinhas de partidos mas à séria é que não ...

3 comentários:

Vitor disse...

Somos um país de brandos costumes, e uns óptimos contribuintes, pagamos e calamos, só reclamamos mesmo é os penaltis…como dizia o meu saudoso avo, só temos aquilo que merecemos!
…E desde os tempos de D. Afonso Henriques, que os “politiqueiros” se aperceberam disso, e vai daí, grandes festins, orgias ,e caçadas a cavalo, agora mais fino, fretam aviões, dão a volta ao mundo fumando nos ditos “pássaros”saborosos charutos, Cubanos, direi eu… todo em prol do desenvolvimento deste “Terreno” à beira mar plantado.
Os “mandantes” deste “rectângulo”, são como as p…discutem o palmo de terreno onde vendem a alma e o corpo, mas no fim da noite, acaba tudo no aprazível sítio de copos em comum!
…Os aeroportos, pontes, estradas e T.G.V. que se prejudiquem com um F…muito grande.
…E à pala desta forma de estar na vida, uns quantos respeitados senhores cá do burgo enchem a bunda de bem-estar e conforto, com chorudas contas bancárias na Suíça em nome de sobrinhos taxistas, e na forma de compra e venda de rapazes de pontapé na bola, assim como várias funções administrativas …e o povo que vá à bola…pois está prestes a começar!

Eu diria “ e vai de roda!”

Vítor.

vita disse...

Eu diria mais..siga para bingo!

Gostei de visitar este cantinho:)

Maria João disse...

Olha, Redjan, eu penso (e até punha as mãozinhas no fogo...) que o aeroporto "se vai expandir à rico e à pacóvio". Difícil, difícil, vai ser fazer um metro que vá de Lisboa a Alcochete!
Um abraço!