quarta-feira, 1 de agosto de 2007

sempre lá....

Chegado de Salvador por volta das sete, passo a manhã a tratar de quejandos a fim de fazer tempo até ao meio dia, hora de ir buscar o Kuka ! E então dirigir-me a Lisboa num cansaço e birra que não me demoveram de fazer o que havia programado ! Conduzo pela Marginal, confesso que nem sei por onde me vagueava a alma e o corpo cansado ! A seguir a Oeiras entra de rompante e em seu esplendor um cheiro a maresia que me trouxe a imagem de limos e rochas por onde passeava e caminhava em pequenito de quatro anos, na praia das Avencas! Pouco depois, cruzo-me com o comboio vindo de Lisboa, que por alturas de Paço de Arcos descreve uma longa e aberta curva à esquerda, permitindo ao monstro de ferro inclinar-se e venerar ele também a paisagem ! E vejo-me à janela, repetindo aquela viagem que me ensinou os primeiros acordes de puro prazer em silêncio e solidão! Segui de braço dado com o passado e reentrei em Lisboa, coisa que raramente vou fazendo nos dias de hoje ! No espelho mirei o Francisco, que adivinhando o meu olhar me perguntou ...
- Em que pensas Pai?
- Em ti meu filho. E no mano! E em mim também pequeno!

Um comentário:

kitty kat disse...

Uma certa nostalgia até sabe bem... Good old Days!
Sem problemas e preocupações...Era só viver!!!!
BJ