quarta-feira, 23 de abril de 2008

repescado ... this post !!

e a 26 de março de 2007 escreveu-se neste canto:

vontade expressa em vida e em lucidez ......

... e quando arrancar daqui sabe Deus para onde, e quando olharem para mim e por mais que me falem ou perguntem obtiverem como resposta uma paradez tal que vos obrigue a concluir que de facto parti.... quero que saibam:

- a cerimónia do até à vista, vulgo funeral, apenas pode ser frequentada com a roupa do dia a dia, onde vocês sejam vocês...
- que se fume e fale em voz alta, recordando apenas os momentos em que soube ser parte da vossa vida, que vos suscitem sorrisos e comentários do tipo... ' e lembras-te quando ? '
- que após todas as conversas e na hora de arrumar com o corpito de sessenta e poucos quilos, se opte pela redução a cinzas, menos emocional e mais poética ( e para que irei precisar dos ossos e compêndios se não há Estádio da Luz no além ?? )
- que quando nos dias seguintes das vossas vidas estiverem a ler ou ouvir musica, se lembrem que uma dessas coisas eu fazia muito e outra pouco....
... e que nunca esqueçam, sempre que o Glorioso ganhar ou o 6 de Novembro passar , lembrem-se que continuo nalgum lado e nesse momento devolvem-me a vida, porque consegui por aqui alguma coisa descobrir.... um espaço dentro dos amigos que nunca nos deixam partir de vez...

Assim faço com a Licas,a minha querida Avó Alice, todos os dias de novo entre nós, assim ensinarei também a quem trouxe .....

E manifesto este público desejo porque na hora do aperto, tudo se faz a correr e nem tempo temos de perguntar ao partidor como gostaria da sua festinha de despedida...

Deal?

7 comentários:

Vitor disse...

Oh rapaz,andas assim tão aborrecido com "isto",que já penses na melhor forma da rapaziada amiga se comportar,quando fôres desta para melhor...tu tem calma!

Agora a sério,eterneceu-me a forma bondosa e carinhosa como revives a tua vóvó Alice...BONITO.

Abraço.

redjan disse...

Aborrecido ? Se estivesse aborrecido falava do Apito Dourado...

A morte ... é apenas outro tema ... !!

karvoeiro disse...

saraba!

NavegaDora disse...

Gostei mesmo de te ler! Gosto da tua clareza, da forma natural como falas da morte, do pragmatismo na expressão da tua vontade. É muito bom ouvir falar assim abertamente, sem preconceitos!

Sofia disse...

Com uma lagrimita no canto do olho: deal... U can count on it!

Tenho a certeza de que todos irão fazer a sua parte.

LNeves disse...

Sim senhor...!!! Seja feita a sua vontade...

Só uma coisa... sessenta e poucos quilos??? Isso é peso de homem??? Não admira que estejas a pensar em morrer e definhar!!! Repito: Isso não é peso de homem!!! LOLOLOL

***MUAH***

ARTUR GUILHERME CARVALHO disse...

Deal.
ARTUR