quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

lume por favôr !!

Apressado, angustiado, arrevezado, roído, embutido, já meio fodido, procuro lume para o miserável cigarro há mais de uma hora, mais a puta da chuva, vem batida ao vento, louca que dança e molha sem piedade e está fria, mesmo fria, como consegue entrar até ao osso ? ... Molhos de gente que se cruza, se toca e se empurra, ganha o espaço segue à frente, rostos fechados, cenhos franzidos, caras vazias em cenário fantástico de cérebros de plástico, num desejo monástico de sobreviver sem falar, querer, ler ou apalpar ... Continuo na busca, não passa mão com cigarro aceso, isqueiros proibidos em bolsos ensopados, fósforo para me alumiar a alma e pulmão é miragem que não ousa desenhar-se .... desesperozinho que cresce, enerva e sacode a pouca paciência que me restava, desisto da coisa pela coisa, saio do marasmo, páro um, páro dois, abano-os e grito-lhes aos ouvidos, roça a loucura o esgar de espanto da pessoa mexida, num sofrimento não preparado ao toque e divisão, de espaço e olhar. Desisto à décima e racho um ao meio, fulmino-o com o poder dos deuses abandonados, largados, esquecidos, gozados, abro-os um a um e enjoa-me o cheiro, cheiro a morto vivo, plástico derretido e acamado em cabeças de manequins. Deito fora o despedaçado resto de filtro e tabaco, atravesso a rua e sento-me encostado , acalmado, arrevezado, roído, embutido, inteiramente fodido ! Ao lado um velho desdentado com o ar alucinado de quem acordou para viver, oferece-me um cigarro de cheiro e curioso sabor, levanta-se e desaparece, não sem antes esboçar um esgar de esperança ..... também não desististe ainda estranho??

16 comentários:

Mónica disse...

Bom dia Rdj,
A nossa gata já miou... dá lá uma espreitadela, que vale a pena.
Tem um óptimo dia!
Beijinho

P.S. É lixado quando nos oferecem um cigarro e... nos afastam do lume... (Muito)Bom texto o teu, fiz dele uma metáfora.

Sofia disse...

As melhoras surpresas vêm de quem menos se espera... te nunca te falte o lume. Big Kiss

PS. Amei o texto.

The Wolf disse...

great!

...café bom, cigarros... tens lume?

Becas disse...

Boa Janjas, está 5 estrelas.

Gata disse...

AH! Estranho entorpecido pelo frio da noite, este cigarro sabe a viver! Encharcado, lixado e perdido sem sequer saber, esqueço voluntariamente o mundo e deixo-me morrer...em passas lentas. Nem me lembro da cor das tuas roupas ou das mãos encardidas e encarquilhadas...mas nunca me vou esquecer da merda do cigarro que me ofereceste a correr, em rua de cidade nenhuma, em tempo que já lá vai, entre a multidão imune que passa e chuva que cai a doer....




Um dia vou escrever como tu!
Não vou, que não sei. Mas gostava!

Red Cat Kiss e f......o que se faz por um cigarro!!!

Mónica disse...

Olá Red,
its me again...
Trago mais lume: Zé Ceitil. Diz-te alguma coisa?
lol
Beijinho

KI disse...

É muita palavrão para um cigarro...mas já em tempos procurei lume desesperada e sei bem como a ansiedade pode ser terrível.

Gostei do texto, com um ritmo de fúria...

Bom fim de semana.

Carlos Lopes disse...

Bom texto, red. Com uma escrita pirómana ;-)

(deixo aqui o link de um blog de um aluno meu de 13 anos que merece a pena visitar... e deixar comentário, já agora. Aqui vai:
http://pontofilipe.blogspot.com/
Obrigado.)

Tugafixe disse...

Boas, Redjan!
Eu sei que não te comento muitas vezes, mas passo por aqui e gosto do que leio. Mas agora vim dar recados.
Fui incumbido de informar que no B612 já está o 4º capitulo do nosso conto de natal. O 5º há-de ser meu!

Um abraço!

Viajante pelos Sentidos disse...

Gostei. Muito.
Fez-me lembrar o Palma... "dá-me lume... não deixes o frio entrar..."

Um beijinho viajante...

Tugafixe disse...

Boa noite, Redjan!
O 5º capitulo do nosso conto está pronto.
Podes ler aqui: http://tugafixe.blogs.sapo.pt/

E olha, agora a bola está do teu lado. Dá-lhe forte e feio! Boa sorte!

Abraço

Mónica disse...

Red, set, go...lol
O conto de Natal é todo teu!
:)
Beijinhos

Cati disse...

Estava a ver que ninguém fazia uma ode ao cigarro... Estava a tornar-se premente, num tempo em que quem fuma começa a ser "ostracizado"... (LOL)

Só podias ser TU!!! Adorei!
E quando precisares de lume...
...não deixarei o frio entrar.

Um enorme beijo!

PS - estou desertinha para ver a volta que dás ao conto!!!

Daniela disse...

Gostei muito da cadência do teu texto. Muito bom, mesmo...

No Natal, ofereço-te um isqueiro, tá bem? ehehehehe

Beijinhos grandis!!!

Daniela disse...

Ah! E tenho mais uma coisa a dizer!!! Estou em pulgas para ver a tua história de Natal!!! Não vais meter lésbicas nesta, pois não?!?

Beijinhus!

redjan disse...

mónica: glad u did like it & done @ conto de natal..

sof, wolf & becas: nunca deixem de xeretar por aqui e pedir café, do bom e do quente.

lazy: escrever como eu ? para quê se escreves tão melhor ?

ki: não sei escrever sem ser como falo.... MAL !

CL: o site do Flip? BRILLIANT, é só o k posso dizer!

tuga: não é preciso comentar, apenas avisar quando faltar café, cigarros e ou quejandos ! E já ' contei o Natal '.

cati & danielle: ode ao cigarrito enquanto posso e .... ' Christmas tale ' by Red ... available !!