sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

O parvo !!!

Malabarista palhaço
De banha vendedor
De cobra, no caso
Coisinha de brilho baço
De barganha comprador
Cérebro no raso

Velha e coisa vista
Lida, rida, esquecida
Eterno rebanho dormente
Que o palhaço não desista
De certa e garantida
Maralha morta e desistente

Do parvo se tem saudade
Como saudades de gente
E de escritos de quem sabia
Que fim, que puta de maldade
Não guardar Gil Vicente
E seus risos da alarvia

Volta poeta, homem, escritor
Desse Clube de Gentes
Nunca mortos, nem em tela
E relembra-nos por favor
O triste fim de fracos crentes
Quem viu vida e fugiu dela

13 comentários:

KI disse...

"Malabarista palhaço
De banha vendedor"?????

:( E eu que até gostava de ti Red!! Entre os teus cafés e cigarros e o meu algodão doce e pipocas já existia uma relação cordial e vens tu e pimbas!

:( Eu tou muitíssissimo tristérrima Red... até tava coradita do sol da beira mar ali pela riba da praia dos surfer boys em Carcavelos... e pimbas fiquei blue qd li tou virando grey e acho q me passo pra white...

:(


______________ Buááá_______________

KI disse...

"Ulá da barca ulá q temos gentil maré"...

:( quase white tou num vai n vai quase whitezinha!!!

"Oh captain, my captain" gosteid esse filme!

And Carpe Diem!


Perdi a pinta de cor resta-me o nariz vermelho de palhaça!

W
H
I
T
E!


_______Ainda carpindo!!!::::::

KI disse...

Challenge: http://chapiteau.blogs.sapo.pt

redjan disse...

ki: não ganhes tantas cores..... há malabaristas, palhaços, malabaristas palhaços, um e todos de nosso contento. Há vendedores, de banhas, de cobras e de banhas da cobra, uns ficam outros leva-os o vento. Há-os todos, misturados, onde morre o momento ! Onde ... sabiamos ser nós ...

Get back to your true colours Ki .... ;-) & no worries !!

Anônimo disse...

Credo que é que te deu?
Assim tão arrevvessado?...
Tás zangado com ele ou com ela??
Não julgues assim tão tangensialmente, olha que nem todos merecem isso...

redjan disse...

anónimo: nada me deu ... de relevo e felizmente ! Zangado ? Geeee .... nada mesmo, não julguei tangencialmente, bem antes pelo contrário, está lá tudo e todos merecem estar bem, como entendem ser felizes ! No malabarismo da tanga, calado, desistido e em parelhas inuteis, crente ou .... fazedor do seu caminho !

Fika bem tu também ...

PS: és anónimo de pai ou mãe ?

Anônimo disse...

Malabarismos da tanga ???? Tu lá sabes as deduções que fazes...(????).
Mas para mim esses sentimentos estão á flor da pele...
Funciona deitar tudo fora assim ao murro??!
Posso só dizer mais uma coisinha?:
O teu coração está cheio de amor para dar!

Sim, de facto de Pai e Mãe desde que nasci e mesmo assim espero estarem bem como entendem ser felizes!

Sempre...
Artur

redjan disse...

Gotcha .... Artur !

Anônimo disse...

DE Vitor Perú.Jan,apenas um comentário,não ,dois comentários:Já li e reli e como na musica entrou-me no ouvido e gostei.2º comentário:Não vejo onde é que estejas zangado com coisa alguma,e já agora uma sugestão,quando as criticas são infundadas(na minha modesta opinião)os anónimos deveriam dar a cara neste caso o
nome para...?.criticas sem nome não me sôa bem.

redjan disse...

vitor: a pessoa chama-se Artur, assim assina o contra-comment...

E por aqui.... impera a liberdade, cada um assina, desassina ou contrassina como quer ... ;-), se não estiver ao nível, vai para a sala dos não fumadores !

ARTUR GUILHERME CARVALHO disse...

Não fui eu. Eu até acho graça quando é para agitar e malhar na pasmaceira. Além disso, mesmo que quisesse não era capaz de assinar anónimo. É que ainda sou um ganda saloio nestas andanças de computadores e mainão sei quê.
ARTUR

redjan disse...

Art ... até no escuro percebia que não eras aquele Artur.

Pelos vistos, tal como os chapéus, os Joões e os Red's... há mais que um, há muitos !! E há-os .... diferentes ! ;-)

Anônimo disse...

Infundadas...ou o emprego da minha palavra 'zangado' só o redjan te pode dizer, se quiser.. O próprio compreenderá o que lhe quiz dizer...o resto que solicitas está lá tudo... de facto sou mais anónimo que todos os anónimos que andam por este 'mundo'mesmo quando usam um nick 'qualquer'... Pra quê tanto borbulhar á volta dos anónimos? (Apaga-se o que for inconveniente, problemas? meus não)visto nunca ter conhecido os meus Pais, mas conheço bem demais sentimentos estrangulados, camuflados, com tentativas de fuga para outras direcções...confuso, não? Que tal um cigarrinho ali na sala dos não fumadores, se quiseres companhia levo isqueiro, tás á vontade! ARTUR