quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

almoço sem hora marcada.....

... sim , porque eu disse, eu falei, referi, eu pensava que, mas tu não... não ouviste ou nem sequer imaginaste, e aí lá se foi, lá teve de ser, lá tive que pensar que afinal tu... já para não falar ainda de .. mas tu não sentes, não sentes que se sente... e não ouviste o detalhe, a hora... a hora... era aquela e eu disse, pois ... e agora?.. deixa... não interessa... ! ouviste ao menos?.. e é isso que tens para dizer?... afinal é só isso ? não, não, não... sabes que não foi assim... desculpa, estás aí? mas ouve, ouve outra vez, eu repito.. espera já te oiço, não é nada disso.... está bem esquece!!... depois então fiquei ali a pensar, ah é?
... a propósito, que tens feito? não dizes nada, tanta frieza, tanta distância.... nem te reconheço, nem me pareces o mesmo.. ! qual mesmo? mau .. recomeça ? deixa.... resolvemos isto em tribunal, o meu tribunal... fica assim como eu disse e mudamos de assunto... almoça-se um dia destes ?

Um comentário:

cris disse...

és e sempre serás o meu anjo
adoro-te