domingo, 18 de novembro de 2007

ensina-me ....





Palavras e palavras ditas
Tantas e nunca ouvidas
Por gente, gente apenas
Ou por gente nem isso
Medos escritos
Em rascunhos de papel

Morres-me há uma vida
Olhas-me sem me ver
Que não existo, cuidas bem
E sonhas-me em deuses teus
És fraco e o mais forte
Pesadelo de vida perdida

Por ti
Por mim e nós
Quanto te quis
Entender e amar
Aprendesse eu a chorar
Lágrimas de sal e vida

Perdoem-nos abandonados
Levem-nos em viagem vossa
Não esqueçam, perdão vos peço
Por em vós não ter lido
O caminho um dia pisado
Por almas de tantas cores

E olho-te
Lastimo e imito
Os olhos em teu olhar
O que dizes sem falar
Dá-me teus deuses
Ensina-me a respirar

18 comentários:

Carlos Lopes disse...

Entre palavras, respirar é muito difícil. Demora horas e às vezes podemos morrer um pouco.

gata disse...

Chegou a minha vez de não ter palavras.

Um beijo, apenas, talvez diga tudo o que eu não sei...

Mónica disse...

"E olho-te
Lastimo e imito
Os olhos em teu olhar
O que dizes sem falar
Dá-me teus deuses
Ensina-me a respirar"

Respira um pouco das tuas próprias palavras:
http://mnike31.blogs.sapo.pt/8644.html

Eu respiro um pouco de fumo aqui... mas este não é nocivo!
Beijinho

Cati disse...

Que lindo... gosto.
A minha parte preferida:

Por ti
Por mim e nós
Quanto te quis
Entender e amar
Aprendesse eu a chorar
Lágrimas de sal e vida

Lindo. Mesmo.
Kiss!

Cati disse...

Já saiu o meu capítulo do desafio!
Check it out... e desculpem a demora!
Beijo!

The Wolf disse...

Vim buscar um bocadinho mais de café...
Li, bebi, re-li, pensei...
Vou buscar mais café.

Cati disse...

Hmmm... I'm not sad... just had a bad day yesterday... há café para ti na minha caixa de comentários!!! Fresquinho! LOL Eu por aqui fico com um cigarrete...

Big kiss!

ARTUR GUILHERME CARVALHO disse...

Não sei se já percebeste que estás mais que largado. Resta-te juntar, ordenar e começar a bater à porta das editras. Um grande abraço
ARTUR

redjan disse...

Dassssss Art ... dito assim e por ti ...

Ki disse...

Red ...geeeeeee lol

Olha qd fui ao Louvre fiquei a olhar pasmada para tudo o que vi e tb n comentei understand? Espantástico alinhamento de letras!!

See you.

redjan disse...

ki: não ' understood ' totalmente but does it really matters ?

Serve-te de cigarros, choc & coffee e...
chama a admnistração deste lugar, moizinho même, se te faltar conforto à leitura!

And tx for dropping by ...

Ki disse...

Então eu explico Red: gostei imenso do teu poema, diz muito e encerra outro tanto, não é fácil comentar textos excelentes, até porque temos sempre algum receio de 'estragar' o que escreveram, quadno assim é faz-se como num museu admira-se e diz-se: 'ohh'.Desculpa lá o link que te deixo por aqui, não está activo para o blogspot o que me causa alguma pena, ter-te como leitor seria, decerto, interessante.

Está tudo muito confortável, creio que não é preciso incomodar tão amável administração eheheh, mas já agora vê se tens aí um chazinho da próxima vez, choc nope.

Beijo.

redjan disse...

ki: arranja lá um link então... e uma cadeira... eu levo os meus cigarros...!

E já ... percebi ... opssss.. devia ter ficado calado !

Chá na mesa .. preto, green, de menta ??

Copo_Meio_Cheio disse...

Red...
Delicioso este poema...
Sensitivamente visual que è o melhor que nos pode transmitir!

Muito bom mesmo!
Um abraço

Ki disse...

Red gosto mesmo é de chá vermelho mas menta vai bem com o meu clube tb. Qt ao link quem sabe um dia não passas ao produto nacional aka sapo e a gente lê-se mutuamente. Até lá do da blogspot ja desisti lol e este da sapo só mesmo contigo do lado dos batráquios eheheh.

Até jazz :)

Sofia disse...

Já vi que os cigarros e o café que estão servidos me chegam, mas agora que faz frio, preciso também de uma lareira e uma mantinha, para poder ficar por aqui horas a reler...

GR8 one, Red... way to go!

DarkMorgana disse...

"Morres-me há uma vida
Olhas-me sem me ver"

Gostei muito!

Beijo

Mónica disse...

Há silêncios que falam muito mais alto que qualquer palavra proferida...
Há mil imagens que não estão no papel e sobrevivem ao tempo sem perder sequer um pouco de brilho...

Um beijinho e um chocolate para ti