sexta-feira, 8 de junho de 2007

blogging !!!

Ainda nem sei bem como aterrei na blogosfera, ainda nem sei tirar a pinta aos efeitos ou contra-efeitos que a coisa proporcionou ao meu básico navegar na net ! O facto é que tenho andado de telhado em telhado, descobrindo aqui e ali diferentissimos tipos de blogar ! E outro facto também é o de que ... há de tudo e para todos ! O que é, indubitavelmente, uma boa nova !
E no entanto, um género me vai chamando a atenção ! E porquê? Por nada de especial, a não ser que os de maior exito terminam em ... livrinho publicado ! E estes, na sua totalidade ( vá lá 99 % ), abordam a questão ancestral, Neanderthal ou mais antiga ainda ' al ' ... do SEXO ! E abordam-no sob uma de duas formas: ou a ajavardar e a dar nomes à coisa, com todos os deliciosos termos acabados em ' ona ' e/ou 'alho ' ( .. eta também se governa ) ! Ou de outra forma mais picante que revela um género de ' voyeurismo ' dos tempos modernos ! Ver sem ver mas ficar a saber! E neste campo, florescem os do tipo de relatos de meninas/senhoras e suas aventuras secretas de garotas de programa! Que de um tema sem muito sumo, fazem um deliciosissimo blog tipo folhetim ! Que o digam Bruna Surfistinha e quejandas!
Eu por mim, se ousasse tentar o género, faria qualquer coisa deste género!

' ... naquele dia e após uma jornada mais de trabalho, vindo de longe e carregadinho ainda de jet lag, tinha um programa pré encomendado a cumprir! Estoirado e com fome, dirigi-me à morada indicada e dispus-me à pessoa que o serviço me encomendara! Cumprindo as regras do jogo, não estranhei ou comentei a idade da minha cliente! Uma rica viúva, pessoa celebérrima da praça portuguesa ( ainda que fraca quando comparada com outras bolsas, a nossa praça socialite tem no entanto alguns números de internacional categoria !! )
Depois de dois gin tónicos que para além de fazerem de entrada e aperitivo, deram para matar a sede e criar um pouco de imaginação, dirigimo-nos para a varanda onde, numa paisagem de luxo e fausto, iniciei os jogos de prazer com a minha circunstancial companheira de 92 anos ! A sua surdez e fraca mobilidade atenuavam a sofreguidão com que se atirara às minhas partes intimas, vá lá ... pila para dar picante ao relato !! Sabendo inevitável o meu profissionalismo e o ter de ir até ao fim , fui espreitando para a Sport TV de modo a que algum prazer aquele momento permitisse ! Aos gritos roucos e perdidos da minha anciã companheira, juntava os meus enquanto celebrava um ou outro golito ! Conseguida a coisa ser prolongada para um impensável intervalo de tempo de quase duas horas dispus-me a terminar !
- Querida, gritei o mais que pude ... vamos terminar ? Vens-te ou tens pelo menos um estertor ?
- Mais prazer por favôr, nem te sinto por dentro !
- O tempo urgia e, fazendo fé que a visão do meu romance de taximetro ligado estivesse ao nivel da audição, juntei o util ao agradável . Puxei a TV mais para mim e enquanto o árbitro apitava para o término da partida, enfiei-lho pelo seu tunel de antiquissima escuridão !
- Ahhhhhh, como gozo meu filho, parece que tenho cá dentro uma multidão, tal é o clamor!
- Fico feliz querida ... e eu sinto-me como se fosse sessenta mil, afinal era um derby !!!

Ao sair, e com o olhar meio comprometido, cruzo-me com a netinha da cliente pós dia laboral! Senti um arrepio ao ver-me a desejar a pobre pequenita, moça dos seus 42 anos feitos, mas um raio de luz depois daquela tormenta de ancestral fornicação!
Mas isso, isso é outra história ... de que em tempo darei publico conhecimento e detalhe neste meu blogue de tesão sem raças, credos ou cores !!'

E pronto, assim faria eu o iniciozinho de um blogue que pediria apenas paciência e disponibilidade aos leitores que se dispusessem a , nos seus recantos, juntar um pouco de pau ao teclar solitário !!!

4 comentários:

capesi disse...

eheheheheheh

Coirão!!!

Abraço,
Bi

kitty kat disse...

com mais uns quantos destes e já dá para um livrinho.....

cris disse...

Como o meu amigo costuma dizer:"na mouche!!"...embora uma certa B.D. há mistura tornava a coisa mais aliciante!!!quem sabe um dia n enveredas por esse caminho literário?!...lol

João disse...

Sim senhor,...
Este "trailler" abre o apetite. Parabéns pelo universo onírico criado...assim como quem pega num lápis e traça um esboço na tela virgem .

Venha daí a obra prima.

Abaço,

Asas