domingo, 21 de outubro de 2007

viagem ...

Tanto arrojo, tanta fúria
Amada em lucida estupidez
Espera sentada eterna besta
Peito aberto, a mesma cara
Lambuzada de podre sangue
Amante contaminada

Atrevidos feitos guerreiros
De medos fracos, cabeças vãs
Doce caminho assim eleito
Pelos Deuses do abandono
Corre para o rio guloso
Da tua carne marcada

Mostra, grita bem alto
Tanta força cobarde
Corre que o fim não espera
Teu sangue não serve mais
Larga-te à rua e ao lugar
Em que te quiseste escolher

E não há magias no tempo
Regressos, perdões sonhados
De ti para ti
Para o Deus que abençoaste
E o mundo que largaste
Por multidão de gente alguma

E morres hoje devagar
Nessa fúria enganada
Nessa amante fantasma
Estás magro sabias ?
Foi-se-te o sangue
Na batalha de podridão

13 comentários:

Cati disse...

Que é intenso, é... mas belo... não. Até porque é um escrito de fúria e sangue... Espero que se fique apenas pela ficção. Um beijinho.

redjan disse...

a vida é ficção... o mundo parece ser também ! right cati ?

Cati disse...

right Red!!!

Anônimo disse...

Foge, foge Cati...o moço devora quem apanhar pela frente...Saí debaixo... Estás carente Redjan?Conta aí o que te fizeram, os amigos servem para quê?...

redjan disse...

se calhar para não teres de ser anónimo ... mas isso já é mais para o teu lado ... carências... de identidade! ;-)

Anônimo disse...

Não, não sou amigo, mas posso ser...Passei por acaso e sem permissão...A intensidade do sofrimento e agressividade prendeu-me a atenção...Tentei aliviar tensões.Canaliza isso para algo posstivo...PROF.KARATE

redjan disse...

intensidade do sofrimento ? sinal que se existe ! agressividade ? cada um lê à sua maneira ! por acaso e sem permissão ? bom acaso e permissão não necessária .. tentar aliviar tensões ? deixarei de o fazer quando deixar de ser eu .. canalizar isso para algo positivo ? ainda escolho o que encaro positivo para mim .... espero que tenhas essa chance também ! professor karaté ? outro modo de se ser anónimo ... e no en tanto um direito que te assiste ...escrever com mão transparente !! fica bem anónimo e... aparece sempre !!

cris disse...

Boa janjan golpe certeiro nesse tal profe karaté...fika,até!!

redjan disse...

thanks cris ... mas acho que nem era preciso qualquer golpe .... a questão dos anónimos que atiram a sua pedrinha é mais de ... autoflagelação ... bjss & fika tb !

Anônimo disse...

Golpes...?Pedras...?
A minha intenção foi mal compreendida, amigos...como queiram. Boas Tardes aos dois!!

redjan disse...

anónimo: pena que não fiques para mais um café e meia duzia de ideias. Qualquer um é sempre benvindo !! Agora a tua 1ª intervenção foi de menino protetor que bateu em porta errada !
No hard feelings .... coffee still @ the table !

Cati disse...

Eh pá... é preciso mesmo fugir?!? LOL

redjan disse...

talvez reapareça... por acaso mas ... com permissão, café & cigarros waiting @ host table !!